WayBack Machine | Você se lembra?

Você está aqui:-, Curiosidades, Internet, Notícias da Web-WayBack Machine | Você se lembra?

Não faz muito tempo, acessar a internet era uma aventura e fazer páginas um desafio enorme. O conteúdo publicado pelos sites daquela época ainda estão disponíveis em sua maioria, mas os layouts do período não foram guardados por seus autores. No site WayBack Machine parte dessa história visual está preservada. Quase que um museu da web, lá internautas podem cadastrar os próprios sites ou blogs e entrar para os anais da rede.

Em 1998, a velocidade mínima das conexões e a precariedade de recursos técnicos – comparado com os dias de hoje – obrigava os programadores a colocar imagens em arquivos de tamanhos ínfimos, economizar nas cores e ajustar a página à resolução padrão daquele ano: 640 x 480. Cada inovação foi libertando um pouco mais os desenhos de página e no WayBack Machine é possível analisar as evoluções ano após outro.

O site tem operação muito simples. Basta digitar o endereço da página no campo de pesquisa e apertar o botão “Take me Back” para ver as páginas armazenadas. O problema é que muitos dos links estão quebrados, não levam a lugar algum, e os caracteres acentuados aparecem com problema. Ainda assim, por curiosidade, pesquisa ou saudade, vale a visita. É interessante poder ver a aparência do primeiro jornal brasileiro na internet, o Jornal do Brasil, e o site beta do Google, que hoje dispensa apresentações, e ver como ele manteve praticamente a mesma cara desde a idéia inicial.

Também vale à pena pesquisar endereços de corporações e perceber como os “sobrinhos do chefe” foram visivelmente dando lugar a profissionais de comunicação especializados. E melhor ainda, se você tem um site, a visita serve para realizar um cadastro de seu endereço para, no futuro, ajudar os arqueólogos a decifrar nosso tempo por meio de suas ideias, textos e imagens.

2007-03-23T15:03:22-03:0023 março, 07|Coisas Legais de Saber, Curiosidades, Internet, Notícias da Web|

Sem comentários

  1. Camilo 23/mar/2007 at 15:34 - Responder

    Acessava esse serviço por outra URL, Archive.org

  2. Reynita Septiani 20/jan/2015 at 01:31 - Responder

    I Do Agree With All Of The Ideas You’ve Introduced For Your Post. They Are Really Convincing And Can Certainly Work.

Deixe um comentário