Coisas Legais de Saber Decoração Dicas

Como organizar uma Festa Junina

Veja como organizar uma festa junina, seja ela entre familiares, amigos até mesmo em um ambiente corporativo.

Enfim chegamos ao mês de junho, nessa época do ano acontece as Festas Juninas. Historiadores contam que esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda no período colonial. O verdadeiro sentido da festa é agradecer aos santos o sucesso da colheita.

Você quer fazer uma festa junina para reunir a família e os amigos? Siga algumas dicas de como organizar:

No dia

A Festa Junina se inicia no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio e termina no dia 29, dia de São Pedro, mas pode acontecer durante todo o mês de junho. O ápice da festa ocorre no dia 24, o dia de São João.

Horário

Verifique o melhor horário para fazer a sua festa. Se tiver crianças pequenas, prefira o horário da manhã ou da tarde. Já se a festa for somente para adultos, opte por fazer à tarde ou à noite. A duração da festa não deve ultrapassar 5 horas.

Local

Pode ser em casa, no trabalho, na rua ou no clube. Faça uma lista dos convidados e veja qual é o local apropriado para reuni-los.

Convite

Use e abuse da criatividade! Pode ser convite on-line ou artesanal. Não se esqueça! No convite deve constar: dia, horário, local e se é obrigatório ir a caráter. Ajuda bastante se você enviar o mapa do local também.

Decoração

O mês de junho é mais frio, sendo assim, não pode faltar uma fogueira. Caso a festa não aconteça em um lugar aberto, onde possa se fazer uma de verdade, aproveite e faça uma de mentirinha. Bandeirinhas, bandeirolas e balões coloridos dão um tom divertido à festa. O xadrez serve tanto para decoração como para o figurino.

Vestimentas

Os trajes são elementos indispensáveis em uma Festa Junina. Pode-se usar calça jeans ou de sarja, camisa xadrez, chapéu de palha ou cowboy, lenços coloridos, retalhos costurados na camisa e na calça, vestido rodados e estampados. Quanto mais colorido melhor!

Maquiagem

Para os homens: barba e bigode
Para as mulheres: pintinhas nas bochechas, ambos feitos com lápis de olho.

Alimentos

Como junho é a época da colheita do milho, a maioria dos doces, bolos e salgados são feitos com este alimento. Segue algumas comidas servidas nesse tipo de festa: paçoca, cocada, bolo de fubá, doce de leite, bolo de milho, arroz-doce, pé-de-moleque, pipoca doce, canjica, amendoim, maçã do amor, cuscuz, pamonha, milho cozido, pipoca com manteiga, biscoito de polvilho, cachorro-quente, churrasco, pinhão, bolinhos fritos, curau, entre outros.

Bebidas

Para beber e espantar o frio: vinho quente, quentão e ponche. Podemos complementar com refrigerantes, sucos e destilados.

Dança e Música

Durante os festejos acontecem às famosas quadrilhas. O som tocado pode ser forró, baião, chote, sertanejo e músicas regionais. Não importa qual é o estilo, o importante é dançar e se divertir. Algumas músicas clássicas que não podem faltar: Capelinha de melão – de João de Barros e Adalberto Ribeiro; Olha pro céu, meu amor – de José Fernandes e Luiz Gonzaga; Pula a fogueira – de João B. Filho; Cai cai balão – autor desconhecido; Sonho de papel – de Carlos Braga e Alberto Ribeiro; Pedro, Antônio e João – de Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago, e Festa na roça – de Mario Zan.

Brincadeiras

Barracas com jogos e brincadeiras faz muito sucesso, para isso é preciso ter prendas que possam ser entregues aos participantes. Seguem algumas sugestões de brincadeiras para a festa: boca do palhaço, jogo das argolas, pescaria, rabo do burro, corrida do saco, derrubando latas, correio elegante, leilões, bingos, pau de sebo e correio elegante.

Está pronto o Arraiá! Agora é só curtir!

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário