Coisas Legais de Saber Saúde e Bem-estar

8 motivos que impedem você de emagrecer mesmo fazendo regime

Nunca me interessei em fazer uma dieta. Por conta do convívio com pessoas de regime, acaba-se obtendo informações sobre algumas formas de como perder peso.

Tarja Dieta

Sempre convivi com pessoas em constante regime. Mãe, namorada, esposa etc; mas nunca me interessei em fazer uma dieta. Por conta do convívio, a gente acaba obtendo informações sobre algumas formas que as pessoas usam para tentar perder peso (por sinal, umas bem bizarras).

Tipos de dieta e regime

Procurando pelo assunto hoje, encontrei uma matéria na Veja Online que mostra 8 motivos pelos quais as pessoas não conseguem emagrecer. Listo abaixo:

1. Pular refeições

Normalmente esses regimes restrigem o acesso a nutrientes essenciais, como carboidratos, proteínas ou gorduras. Por conta disso, são prejudiciais à saúde, já que as refeições deixam de ser balanceadas. Por serem muito restritivos, estão fadados a terminar um dia e são difíceis de serem mantidos.

2. Fazer dietas rigorosas demais

É de sabedoria popular e sempre advertido por médicos que pular refeições não emagrece, causa desnutrição e atrapalha a dieta. Pular refeições deixa a pessoa com mais fome para a próxima vez que for se alimentar, fazendo com que a pessoa coma mais e mais rápido. Além disso, mantém ansiedade e stress acumulados.Estudos já mostraram também que pular o café da manhã por exemplo, faz mal ao coração. Especialistas afirmam que, mesmo aqueles que estão em busca do peso ideal, devem comer de três a cinco vezes ao dia.

3. Traçar metas impossíveis de serem alcançadas

Perder muitos quilos em pouco tempo é uma meta difícil de alcançar e, mais ainda, de manter no longo prazo. Consequentemente, faz com que as pessoas se decepcionem e desistam no meio do caminho. O ideal é eliminar de meio a 1 quilo por semana, não mais do que isso.

4. Ser obcecado pela balança

Se pesar sempre que vê uma balança não ajuda em nada, pelo contrário, atrapalha. Subir na balança com frequência pode causar ansiedade e desânimo em quem quer emagrecer. A perda de peso saudável é progressiva e lenta. Sem esquecer que quem segue uma dieta e faz exercícios físicos, pode perder gordura sem diminuir o peso, o que acontece quando a gordura dá lugar à massa magra.

5. Exagerar na atividade física

Essa regra vale principalmente para quem sempre foi sedentário ou está fora de forma. Caminhadas regulares são a modalidade mais indicada para iniciantes. Esportes que exijam muito do corpo podem causar lesões e interromper precocemente um processo que deveria ser progressivo. Sem falar nos problemas cardiovasculares dos obesos, que torna perigoso o exagero em atividades físicas.

6. Dormir mal

Noites mal dormidas = excesso de peso. Isso já foi provado com vários estudos. Uma pesquisa Suíça, por exemplo, mostrou que dormir pouco faz o indivíduo consumir mais calorias e reduz a capacidade do corpo de queimá-las. Um outro estudo, este norte-americano, concluiu que a restrição do sono interfere na atividade cerebral de tal forma que os alimentos gordurosos e calóricos parecem mais apetitosas.

7. Não ter acompanhamento profissional

Existem médicos, nutricionistas e educadores físicos, ou seja, profissionais adequados para orientar os pacientes sobre reeducação alimentar e prática de exercícios não falta. Quem dispensa os profissionais corre o risco de seguir uma dieta que não funciona, prejudicar a saúde e ainda sofrer contusões decorrentes de exercícios impróprios.

8. Relaxar depois de emegrecer

Pessoas com tendência a engordar não perderão essa característica depois de emagrecer, afinal, cada indivíduo tem o seu biotipo bem definido. A alimentação saudável e a prática de atividade física deverão ser seguidas pelo resto da vida, independentemente do peso. As pessoas não devem se acostumar a ganhar nem 1 ou 2 quilos, mesmo depois de ter emagrecido 20.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário