Embalagem Exposição e Eventos

Garrafas Vodka Absolut

por Ian Black do Enloucrescendo

A Absolut Brasil, realizou ontem (29 de agosto), uma vernissage para o lançamento de doze edições de Absolut. Dez delas são virtuais, criadas por designers brasileiros. As outras duas são edições limitadas criadas pelos artistas plásticos Daniel Senise e Nelson Leirner.

A vernissage aconteceu no Conjunto Nacional, na Av. Paulista, aqui em São Paulo.

Depois de França e Estados Unidos, o Brasil é o terceiro país do mundo a apresentar uma releitura da garrafa de ABSOLUT VODKA pela ótica de artistas nacionais. Nelson Leirner e Daniel Senise foram escolhidos para imprimir brasilidade à embalagem de ABSOLUT, que desde seu lançamento, em 1979, tornou-se uma instituição global, reconhecida no mundo inteiro. A parceria entre ABSOLUT, Nelson Leirner e Daniel Senise enfatiza a devoção mútua pela criatividade, elegância e arrojo.

A natureza experimental e original de ABSOLUT inspirou alguns dos mais proeminentes artistas, estilistas e músicos do mundo a criar a sua própria interpretação de ABSOLUT. Tudo começou em 1985 quando o lendário artista pop Andy Wharol pintou uma garrafa da marca. Esse foi o começo de um novo tipo de campanha – que expandiu as fronteiras entre publicidade e arte, moda e musica. Desde então, centenas de artistas contribuíram com seus talentos para a campanha de ABSOLUT. Nam June Paik, Louise Bougeois, Damian Hirst, Maurizio Cattelan, Rosemarie Trockel são alguns deles.

Esta é a terceira vez que há uma intervenção local na marca. A iniciativa, aqui batizada de ABSOLUT Brasil, acontece simultaneamente na Itália com o projeto CoSTUME NATIONAL, e faz parte da estratégia global de comunicação adotada pela marca, pontuada por um profundo envolvimento com a arte e moda. Além de abraçar o conceito arte, o projeto traz também uma outra grande característica da marca, o collectible, o objeto do desejo colecionável pela legião de fãs de ABSOLUT.

Com tiragem limitada, as garrafas de ABSOLUT assinadas por Nelson Leirner e Daniel Senise poderão ser encontradas no mercado a partir do final de agosto de 2007. Serão distribuídas 48 mil garrafas de cada artista, que permanecerão nos pontos de venda por apenas um mês cada. A embalagem de Nelson Leirner será a primeira a ser lançada. Com uma linguagem onírica, a obra traz imagens de singelas borboletas combinadas a uma profusão de cores, usando a técnica de stickers que o artista vem abraçando nos seus trabalhos mais recentes. Inspirada pelas rochas de Copacabana, a garrafa de Daniel Senise, que chega ao mercado no fim de setembro, tem um tom mais irreverente e provocativo, com a imagem de um macaco em meio a estilhaços de madeira.

O projeto ABSOLUT Brasil também contempla os novíssimos nomes da arte contemporânea brasileira, cujas interpretações vão resultar em obras de arte isoladas. Nando Costa, Adhemas, Abiuro, Glauco Diogenes, Gui Borchert, Marconi, Nitrocorpz, Colletivo, Rubens Lp e mooz serão apresentados ao grande público por meio de interpretações virtuais da embalagem de ABSOLUT VODKA, disponíveis no website da marca.

O projeto confirma a credibilidade do Brasil perante a ABSOLUT, que encontrou aqui o mercado com maior taxa de crescimento para a marca em termos mundiais. As vendas de ABSOLUT VODKA no Brasil aumentam 100% ao ano.

ABSOLUT VODKA
ABSOLUT iniciou seu envolvimento com as artes em 1985 com o projeto ABSOLUT WARHOL – a lendária leitura da já conhecida garrafa de ABSOLUT pelo artista Andy Warhol. No ano seguinte, Keith Haring criou sua obra inspirada em ABSOLUT, e hoje, a coleção da marca inclui mais de 400 obras de arte em uma larga abrangência de plataformas – de mobiliário e escultura até fotografias, arte digital e tecido. Em 2003, ABSOLUT tornou-se a primeira marca a ser convidada como expositora oficial da Bienal de Veneza.

A marca foi introduzida ao mundo da moda em 1998, com o icônico anúncio ABSOLUT CAMERON, apresentando a modelo Rachel Williams vestindo um maravilhoso micro-vestido prateado.

Desde então, muitos dos mais aclamados designers do mundo têm desenvolvido criações para o ABSOLUT FASHION COLLECTION – Gianni Versace, Tom Ford, Helmut Lang, Stella McCartney e Jean-Paul Gaultier são alguns dos talentosos designers que trabalharam com a marca.

BIO DOS ARTISTAS

Daniel Senise
Daniel Senise nasceu no Rio de Janeiro. Sua primeira exposição individual aconteceu em 1984. Participou das mostras coletivas “Como vai você, geração 80?” (1984), no Parque Lage (Rio de Janeiro), e Latin American Artists of the XXth Century”, apresentada na Europa e nos Estados Unidos, entre 1992 e 1993. Integrou a Bienal Internacional de São Paulo de 1985, 1989 e 1998, XLIV Biennale di Venezia (1990) e Liverpool Biennial (1999). Engenheiro e artista plástico por formação, Daniel Senise é considerado como um dos nomes mais consolidados da “Geração 80” .

Nelson Leirner
O paulista Nelson Leirner nasceu em meio ao universo da arte. O artista é filho de Isai Leirner, ex-diretor do Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM/SP e fundador da Galeria de Artes das Folhas e do Prêmio Leirner de Arte Contemporânea, e da escultora Felícia Leirner.

Leirner iniciou sua vida acadêmica cursando engenharia têxtil e depois estudou Artes Plásticas. Sua primeira exposição individual aconteceu em 1961 e em 1967 foi premiado na IX Bienal de Tóquio. Seu trabalho é caracterizado pelas críticas irônicas do sistema de arte. Nelson Leirner vive e trabalha no Rio de Janeiro.

BIO DOS ARTISTAS COM PROTÓTIPOS LANÇADOS

1. Guilherme Marconi
Guilherme Marconi é um jovem artista autodidata nascido em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Reconhecido pelo seu trabalho na esfera digital, e pela participação em livros e revistas no Brasil e no exterior, como: Semi-Permanente 06/07, Libro CMYK, Zupi is Art, Zupi Edição 01 a 05, Sushi 9, NFL Book, Tshirt 360, Fashion Gags e Dzone, o trabalho de Guilherme também pode ser visto em ilustrações feitas para a Editora Abril.

Guilherme trabalhou na criação artísticas em agências de propaganda (Almap, Gringo, Lew Lara) em campanhas publicitárias para clientes como Nokia, Havaianas e Agência Tudo além de campanhas internacionais.

Entre seus clientes estão MTV, Camiseteria e Threadless (ilustrações para os dois últimos). Palestrante da PixelShow 05 no MIS e realizador da exibição “Experimentos” que depois foi repetida no Design & Graphic Center.

2. Glauco Diogenes
Glauco Diogenes, 26 anos, diretor de arte, ilustrador e designer, Desenvolve seu trabalho artístico nos ramos de moda, editorial e no mercado publicitário, além de trabalhar coma a Web and Motion desde 2000. Seu portfolio exibe importantes projetos no cenário nacional e internacional, onde se destacam: “Backstage – Brazil in Fashion”, livro de Paulo Borges com, o diretor de arte, Giovanni Bianco; Identidade visual para o Night Club Rubi; A direção de arte, marca e produção visual de todo o material do festival de curtas ENTRETODOS (www.entretodos.com.br); direção de arte e design da campanha para implementação da marca inglesa Acessorize London no Brasil.

Na Internet ele redesenhou websites para as marcas Ellus, Sommer e Equus. Seus projetos mais recentes incluem: a concepção da linha de produtos Brasilidade da Tok&Stok; Ações integradas nos departamentos de marketing das grifes: Cavalera, Zoomp, Zapping, Rosa há, Tereza santos, Lucyinthesky e outras; Ilustração e programação visual das obras desenvolvidas pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, assim como a ilustração do programa de TV “Caldeirão do Huck” e a criação e promoção de todo o material de suporte para a MTV-Brasil.

Glauco também foi diretor artístico e criador de áreas voltadas para eventos da Globo, colaborou com as revistas Paperjam, Nico e Flydoscope (essa última da Bélgica), Wired (EUA) e Computers Arts (Reino Unido), e foi parte integrante no desenvolvimento do projeto Fussball Heroes (Heróis do Futebol) pelos sócios suíços Ash e Jerzovskaja e diversas revistas brasileiras como: Superinsteressante, Mundo Estranho, Bizz, Sapiens, Marie Claire, Vogue, VIP, Época Negócios e Playboy, onde artisticamente imprimiu sua marca.

3. Adhemas Batista
Ademilson Batista da Silva, também conhecido como Adhemas Batista, é um Ilustrador e Designer Gráfico que mora Los Angeles, CA, Estados Unidos. Nascido em São Paulo, casado e pai de dois filhos, autodidata em design gráfico em projetos industriais, Adhemas iniciou sua carreira aos 15 anos de idade desenhando interfaces para websites e CD-Roms em 1996. Ele era co-fundador da Popup Comunicações, uma pequena agencia online criada no começo desde século com seu irmão, possuía clientes como Duke Energy, Rayovac e Banco Itaú. Após 2 anos e meio, ocorreu a fusão da Popup com a Tesla Tecnologia e Adhemas foi trabalhar para a Agencia Click onde ele ganhou reconhecimento do Festival Brasileiro de Jovens Criadores do Cannes Lions em 2003 pela categoria “Cyber” e ganhou sua primeira estatueta de Ouro na LIAA.

Convidado por AlmapBBDO em Outubro de 2003, ele fez o Conceito, Direção de Arte, Design e Ilustrações para um projeto de website para a Havaianas muito premiado. Após o sucesso do website das Havaianas, ele tornou-se freelancer e trabalha para clientes internacionais.

4. Gui Borchet

O mais jovem diretor criativo associado da R/GA, Gui Borchert foi destaque recente da revista Print como um dos 20 mais talentosos designers com menos de 30 anos. Em 2003 ele ingressou como designer na R/GA e rapidamente tornou-se um dos principais criativos da conta da Nike. Depois do começo na R/GA, Gui se especializou no trabalho criativo, trabalho conceptual, direção e execução de design, assim como também colaborou com a agência off line da Nike, a Wieden + Kennedy. Suas especialidades são trabalho em equipe e flexibilidade de e integrar seu estilo diverso de acordo com a necessidade do projeto do cliente (identidade coorporativa, interatividade, animações gráficas e tipografia).

Ao longo de sua carreira, Gui também realizou trabalhos para clientes como a MTV e colaborou com Bob Greenberg (CEO da R/GA) e Stefan Sagmeister na concorrência pelo logo da Olimpíadas de Nova York para 2012 (NYC2012 Olympics).

Gui trabalhou com projetos de ilustração para diversas das principais agências como Salles D’arcy e DM9BBD, é editor do respeitado site Designiskinky.net e, em 2001, fundou o Eyepunch.com, uma das fontes mais conhecidas de recursos de design da comunidade de designer brasileiros. Gui já recebeu mais de duas dúzias de prêmios na indústria, ganhando competições importantes como o Gold Cannes Cyber Lions e o One Show Interactive and Clios. Seus trabalhos já foram exibidos e/ou publicados no Brasil, Estados Unidos, Euroa e Ásia.

5. Nando Costa
Crescendo no Rio de Janeiro, Nando se juntou ainda bem jovem à cena local tornando-se um dos alunos de Orlando Molica na escola de artes visuais do Parque Lage. Nessa época ele se dedicou não apenas várias aplicações de camadas de texturas sobre tela, madeira e formas esculpidas, mas como também à construção de mobiles. Nando começou a estudar design gráfico na faculdade enquanto desenvolvia suas técnicas e teorias em uma pequena empresa de design. Três anos depois, após ganhar experiência prática no campo de design impresso e aprender o básico com animações em Flash, ele decidiu ampliar seu campo de atuação e mesmo sendo aceito na SCAD & Fabrica, ele acabou por aceitar a proposta de outra pequena empresa em Atlanta, Geogia.

Nos três anos seguintes ele trabalhou com várias formas design gráfico, webdesign e animações trabalhando e vivendo em Atlanta, Nova York e Chicago. Em 2003 Nando se casou com Linn Olofsdotter e os dois tornaram-se sócios de seu próprio estúdio de animação, o Nakd. Durante essa época o casal trabalhou com clientes norte-americanos, europeus e asiáticos diretamente de seu escritório brasileiro, que atendeu contas de clientes como MTV, Fine Living, Cartoon Network, CNX, CMT, Anime Network e Dentsu.

Dois anos depois o casal voltou para os EUA deixando a companhia nas mãos de um ex-sócio para trabalharem com clientes ainda maiores sob a perspectiva de uma agência de publicidade. Como Diretor Criativo e Diretora de Arte Sênior, o casal se juntou à agência Modernista! em Boston para trabalhar com clientes como Budweiser, Hummer e Napster. Desde o início de 2006 eles trabalham como freelancers em Portland, Oregon. Nando continua a trabalhar em várias mídias e já publicou dois livros: “Brasil-Inspired” e “Disorder in Progress” através da editora alemã Die-Gestalten. Atualmente, além de trabalhar com design gráfico, Nando amplia seu trabalho se envolvendo com arte através da criação de experimentos com vídeo-arte, pequenas esculturas e impressões.

6. Rubens Lp
Natural do Brasil, Rubens Lp gastava horas quando criança desenhando heróis cômicos como o Wolverine, Superman, Batman e X-men da mesma forma que seu pai. Mas embora ele tenha parado que desenhar após alguns anos, sua paixão pelos desenhos nunca foi deixada de lado, e quando ele estava no colégio ele desenhava o tempo todo. Exibições de Dali, Picasso Miró e o artista brasileiro Aldemir Martins passavam uma forte impressão para ele.

Uma espiada em seu trabalho revela uma visão contemporânea, há um tradicional coração batendo nele. Para LP, criação de arte inspira as pessoas, e uma arte verdadeira tem um tipo único de beleza. Nunca voltado para o dinheiro, mas sendo sempre verdadeiro com você mesmo. Falando com LP, não há dúvidas que seu trabalho é lírico e livre. (…) LP também ama ler, e sente como se estivesse descobrindo o mundo embora ele estude filosofia, socialismo e religião. Possivelmente de forma reveladora ele explica: “Eu não desenho com a minha mente. Eu desenho com a alma e tudo inspira minha alma. Tudo”.

7. Abiuro
Alexandre Braga vive em São Paulo e trabalha em diferentes áreas de design gráfico, direção de arte e ilustração. Desenvolveu projetos para clientes como MTV, GNT, Ellus, revistas Simples, Computer Arts, Trip e Bravo, V.Rom, Trama, entre outros. Ele também é contribuidor dos portais de design Brasil-Inspired, Uailab e FrenchnFresh.

8. Nitrocorpz
Estabelecido em 2003, o Nitrocorpz Studio consegue trabalhar em diversos campos da comunicação, como pintura, ilustração, branding, animação e projetos interativos.

Eles conquistaram o respeito e admiração dos clientes graças à eficácia e consistência de suas soluções de design.

Alguns dos clientes com quem eles vêm trabalhando: Linotype Library, Burton Snowboards, Analog Clothing, Rip Curl, Computer Arts, MTV Brasil, Alamo, Tupigrafia, Átrio Academia, TV Anhangüera/Globo, Frida De Luxe, Austin Museum of Digital Arts, entre outros.

Nas palavras do Nitrocorpz Studio: “Nós pensamos visualmente para ajudar nossos clientes a construírem experiências sólidas, desafiantes e criativas. Nosso cliente é nosso parceiro. A gente escuta, reflete e faz”.

9. Colletivo

O Colletivo Studio trabalha com vários segmentos do design usando criatividade, em projetos que vão da identidade visual à ilustração com diversos materiais.

Por trás do Colletivo Studio estão Vanessa Queiroz, Fábio Couto e Marcelo Roncatti. Eles trabalham juntos desde a universidade e, há três anos, decidiram juntar seus computadores e formar o Colletivo Studio.

Nas palavras do Colletivo: “A idéia do nome ‘coletivo’ foi definida no conceito de ‘ônibus’, que agrupa todas as raças, é um transporte democrático, nômade e que conta diferentes histórias. Do ponto de vista do design, é isso que gostaríamos de expressar; essa sempre foi nossa escolha porque refletia nossos ideais, e ainda reflete”.

10. mooz
A mooz existe desde 2005 e é formada por Daniel Edmundson, Eduardo Rocha e Gustavo Gusmão. Estúdio de design e ilustração de Recife, geralmente faz trabalhos para clientes na área de música e artes.

As ilustrações da mooz são feitas à mão e em computador. Este mix é o diferencial da mooz, que desenha, escaneia, imprime, desenha novamente, escaneia, imprime e assim por diante.

Isso tudo é para criar um estilo de ilustração menos caricato, que não representa exatamente a realidade e é mais contemporâneo e experimental. Tipografia e editoração são outras paixões da mooz.

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

Deixe um Comentário