Honda CBR 1000RR Fireblade

Você está aqui:--Honda CBR 1000RR Fireblade

Escapamento “Centre-up”
Construído em aço inox na configuração 4x2x1 com saída sob a rabeta e com ponteira revestida em titânio, reduz a turbulência e resistência aerodinâmica, centraliza massas e amplia a capacidade de inclinação nas curvas.

Suspensão Traseira Unit Pro-Link
Revolucionária suspensão com tecnologia da RC 211V*, em que o amortecedor é ancorado na balança de alumínio (revestida de magnésio) e permite múltiplas regulagens, garante, em conjunto com o pneu esportivo, elevada capacidade de tração e estabilidade.

Motor de Alta Perfomance
As soluções extraídas da experiência em competições, como redução de peso e do atrito, utilizando modernas técnicas de fundição, resultam num motor compacto, de baixo peso, com elevadas potências em altas rotações.

Injeção Eletrônica de Duplo Estágio
O conjunto PGM-DSFI (Programed Dual Sequential Fuel Injection) possui dois bicos de injeção por cilindro. O primeiro atua em todas as rotações e mantém suavidade e precisão. Já o segundo bico funciona a partir de 5.500 rpm e imprime acelerações esportivas.

Novas Cores
As novas cores aumentaram ainda mais a imagem esportiva da CBR 1000RR Fireblade.

Amortecedor de Direção Eletrônico (HESD)
Utilizando-se de sensores de velocidade e aceleração, o exclusivo sistema HESD (Honda Electronic Stering Dumper) anula eventuais oscilações da coluna da direção comumente percebidas nas rápidas acelerações.

Freios Dianteiros com Cálipers Radiais
Duplo disco dianteiro flutuante com cáliper de quatro pistões da marca Tokico, transmite ao piloto elevada eficiência e precisão nas frenagens.

* RC 221V é a motocicleta campeã do Moto GP 2006, a categoria máxima da motovelocidade mundial.

Especificações Técnicas

MOTOR
Tipo – DOHC, 4 tempos, arrefecido a líquido, 4 cilindros em linha com 4 válvulas por cilindro
Diâmetro x curso – 75 x 56,5 mm
Cilindrada – 998 cm3
Relação de compressão – 12,2: 1
Alimentação/diâmetro do venturi – Injeção eletrônica PGM-DSFI / 44 mm
Potência máxima – 171,3 cv a 11.250 rpm (DIN)
Torque máximo – 11,7 kgf.m a 8.500 rpm
Sistema de partida – Elétrica (motor de partida)
Transmissão – 6 velocidades constantemente engrenadas
Transmissão final – Corrente com anéis de vedação

CHASSI
Tipo – Perimetral dupla trave em alumínio
Suspensão dianteira/curso – Garfo telescópico invertido “upside down”/120 mm
Suspensão traseira/curso – Unit Pro-Link, amortecedor regulável, 133 mm
Freio dianteiro/diâmetro – A disco duplo flutuante, com acionamento hidráulico, cáliper de 4 pistões e pastilhas de metal sinterizado/ 320 mm
Freio traseiro/diâmetro – A disco simples, com acionamento hidráulico, cáliper de pistão simples e pastilhas de metal sinterizado/220 mm
Pneu dianteiro – 120/70 ZR 17 M/C (radial)
Pneu traseiro – 190/50 ZR 17 M/C (radial)

DIMENSÕES / CAPACIDADES
Comp. x larg. x alt – 2.027 x 717 x 1.118 mm
Distância entre eixos – 1.412 mm
Distância mínima no solo – 129 mm
Altura do assento – 824 mm
Peso seco – 179 kg
Tanque de combustível – 18 litros
Óleo do motor (total) – 3,8 litros

SISTEMA ELÉTRICO
Ignição – Avanço controlado por microprocessador digital transistorizado
Bateria – 12 V – 8,6 Ah (selada)
Farol/Lâmpada – “Line Beam” / 12V – 55/55 W

2008-02-04T03:12:02-03:004 fevereiro, 08|Motos e Bikes|

Sem comentários

  1. walter 29/mar/2008 at 21:06 - Responder

    sem comentários, fiquei de boca aberta. quanto vai custar?

  2. ze 17/maio/2008 at 15:35 - Responder

    quanto vale!!!

  3. acidenio testa 13/mar/2009 at 11:22 - Responder

    eu nao tenho condiçoes de ter uma moto desta so se aconteser um milagre na minha vida mas posso jurar que sonho direto com uma moto desta parabems a ronda por cada lançamento superar cada ves mais quem sabe a ronda realiza os meus sonho me sortear com uma moto desta uma kornet e que deus abençoa todo o pessoau da konda

  4. William 08/dez/2010 at 10:21 - Responder

    Custa cerca que 52 mil reais !

  5. Marcos 11/ago/2012 at 02:41 - Responder

    velocidade final?

Deixe um comentário