Significado dos números do CEP

Você está aqui:--Significado dos números do CEP

Muita gente não sabe, mas sou especializado em Marketing Direto. Infelizmente aqui no Brasil as pessoas acham que essa modalidade do Marketing é basicamente aquela propaganda que você recebe em casa via correio. O Marketig Direto é muito mais do que isso, mas a explicação fica para outro post porque este é para falar de uma curiosidade que envolve a mala-direta: o significado dos números que compõem o CEP aqui no Brasil.

CEP, sigla de “Código de Endereçamento Postal”, é um número criado pelos Correios para facilitar e acelerar o encaminhamento da correspondência. De 1971 até 1992, ele teve cinco dígitos. Em 92 foram incluídos os últimos três algarismos, chamados de Identificadores de Distribuição (os famosos 3 digitos depois do hífen).

Para facilitar a entrega das cartas, os Correios dividiu o País em 10 regiões postais, estruturando o CEP pelo sistema decimal. Os oito dígitos significam, da esquerda para a direita, região (primeiro algarismo), sub-região (segundo), setor (terceiro), sub-Setor (quarto), divisor de sub-setor (quinto) e identificadores de distribuição (três últimos).

O primeiro número do CEP corresponde ao estado:
Região 0 – Grande São Paulo
Região 1 – Interior de São Paulo
Região 2 – Rio de Janeiro e Espírito Santo
Região 3 – Minas Gerais
Região 4 – Bahia e Sergipe
Região 5 – Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte
Região 6 – Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Amapá e Roraima
Região 7 – Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia
Região 8 – Paraná e Santa Catarina
Região 9 – Rio Grande do Sul

Assim como o País está divido em 10 regiões postais (representados pelo primeiro algarismo), cada região está dividida em 10 sub-regiões (segundo), que geralmente é representada por uma cidade e suas adjacências. Cada sub-região está divida em 10 setores (terceiro), depois são 10 sub-setores (quarto) e mais 10 dividores (quinto).Os três algarismos finais – após o hífen – são denominados de Identificadores de Distribuição e destinam-se à identificação individual de localidades, logradouros, códigos especiais e unidades do correio.

2007-01-15T20:22:31-03:0015 janeiro, 07|Curiosidades|

Sem comentários

  1. Camilo 16/jan/2007 at 08:20 - Responder

    Nossa…
    Nunca pensei que ia descobrir isso!

    Obrigado…hehehe

    [ ]´s

  2. matheus 11/fev/2008 at 16:15 - Responder

    Estou na aula de informatica com a professora Vanessa e tem um menino bobo o Vitor

  3. matheus 11/fev/2008 at 16:21 - Responder

    O Vitor manchou as calças hahaha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário