Pepsi “bate” com criatividade na Coca-cola

Você está aqui:-, Marcas e Mascotes, Mídias externas-Pepsi “bate” com criatividade na Coca-cola

Eu coloquei o post abaixo contando a história da Pepsi porque vi esses dois outdoors no Cérebro Criativo e queria colocá-los aqui e, para entender melhor a postura adotada pela Pepsi frente a Coca-cola na comunicação, nada melhor que conhecer a história de ambas e ver o porque da Pepsi bater tão forte na marca da principal concorrente.

Os outdoors foram criados pela agência BBDO do Canadá no ano de 2000. O primeiro outdoor faz lembrar a cena que ficou clássica do menino que compra duas latas de Coca-cola para poder subir nelas e comprar uma Pepsi (para quem não viu o comercial estou colocando o vídeo logo abaixo da imagem do outdoor, basta clicar em play para assistir).

No segundo a Pepsi ataca um dos maiores símbolos de associação com a Coca-Cola: o Papai-Noel. Para quem não sabe a imagem do “bom velhinho” como conhecemos hoje foi criada para uma campanha publicitária da Coca-Cola em 1931. I Love It.

Para conhecer a história da Pepsi, clique aqui, para conhecer a história da Coca-cola, clique aqui.

2006-11-08T10:55:45-03:008 novembro, 06|Comerciais de TV, Marcas e Mascotes, Mídias externas|

Sem comentários

  1. Carvalho 08/nov/2006 at 11:59 - Responder

    Só pra eu entender. O primeiro baner está sendo veiculado atualmente?? Já tem alguma resposta da Coca Cola frente a essa peça?
    Abraço

  2. alessandro 08/nov/2006 at 13:00 - Responder

    Não, as peças são de 2000. A Coca-cola normalmente não responde às provocações que a Pepsi faz na mídia. Em relação ao filme que está no post, parece que virou um processo na justiça que a Coca-cola ganhou, e ele parou de ser eiculado na época.

  3. jamaira carlena da silva 18/abr/2008 at 14:20 - Responder

    obrigada pelo conhecimento obtido, poderiam tambem associar os dois coca e pepsi num unico texto, pois existe um filme da coca cola onde trabalha-se a história da coca e da pepse os dois sempre jogando com o marketing para continuarem ou não perderem sua posição.

Deixe um comentário