Mobile Marketing em estádio de futebol

Você está aqui:--Mobile Marketing em estádio de futebol
mobile-marketing-video

Domingo passado fui ao Canindé acompanhar Portuguesa e Marília pelo Campeonato Paulista. Lá, uma faixa estendida na frente das cadeiras cativas pedia que os torcedores mantivessem seus celulares com o dispositivo Bluetooth ativado pois receberiam, ao longo do jogo, vídeos de replays e informações.

Recebi todos os 4 gols da Lusa em meu celular no formato .3gp. Antes do vídeo rolar no aparelho, uma pequena propaganda da Volkswagem.

Achei interessantíssimo pois normalmente não há como acompanhar replays das arquibancadas dos estádios. Às vezes um espirro faz com que você perca um lance incrível. Vamos ver se a ação vai se espalhar pelos estádios e se outras marcas irão investir na mídia.

Além dos gols acharia interessante receber alguns lances polêmicos e presentes para o celular, como ringtone ou wallpaper. Fica a dica.

2009-03-31T17:44:39-03:0031 março, 09|Mobile Marketing|

  1. [ LuKiTaS ] 02/abr/2009 at 22:25- Responder

    Isso é bacana mesmo…
    eu num cheguei a fazer nem nada…
    mais em outros estadio já estão fazendo isso…
    pelomenos no pacaembu..
    fui assistir 3 jogos do SANTOS e os caras falaram isso…
    de receber informações do jogo e tals no celular..

    e no jogo barueri x SANTOS, na arena baueri, os caras anunciaram a mesma coisa. =)

  2. BRAIAN 17/abr/2009 at 12:17- Responder

    Achei o blog das pessoas que fazem esse serviço nos estádios… se quizerem acompanhar tá aqui o LINK!!!
    Os caras dominam essa tecnologia!!!
    http://www.bluetoothmadeinbrasil.blogspot.com/

    Abs Galera!!!

  3. Alexandre Ribeiro 24/abr/2009 at 10:20- Responder

    Alessandro, parabéns pelo tópico e principalmente pelo seu time. Também sou lusitano, e roxo. Estive nesse jogo, vi os quatro gols da Lusa mas infelizmente estava sem meu celular para ativar o bluetooth. Grande abraço e parabéns!!!

  4. Mobile Marketing em estádio de futebol | Rae,MP – Um exagero de agência 15/set/2011 at 10:13- Responder

    […] Fonte: Aletp […]

Deixe um comentário