Motos e Bikes

Garinni GR250T3 Johnnie Wash

Um dos pontos altos do 1º Salão da Motocicleta, foi a apresentação, pela Garinni Motors, de uma moto customizada, de baixa cilindrada (250cc) e que vai ser produzida em escala industrial a partir do ano que vem aqui em terra tupiniquim.

Trata-se da Garinni GR250T3 customizada pelo Johnnie Wash.

A máquina de 250 cilindradas tem design moderno com influência das “Bobbers” dos anos 1950 e 1960, além de alterações no sistema de suspensão dianteira e traseira, pára-lamas e bancos.

“Diminuímos o curso da balança traseira, produzimos um novo guidão e novos comandos avançados. Foi feita a reestruturação da parte elétrica e mecânica, fizemos um novo conjunto óptico, colocamos novos pneus finalizamos com novos grafismos e pintura”, explica Ricardo Medrano, bike designer do Johnnie Wash.

A parceria entre o Johnnie Wash e a Garinni tem o objetivo de mostrar que é possível ter uma moto única, ideal para o uso urbano, transpassando o estilo e com a personalidade do cliente.

Na foto está a moto apresentada no salão, com banco apenas para o motociclista, porém, segundo os vendedores presentes no estande, haverá opção para banco de garupa. Tudo isso para o primieiro semestre de 2009.

O preço não foi revelado, mas como a GR250T3 original está sendo comercializada por R$ 13.500, podemos esperar essa moto por algo que gire em torno de R$ 20.000 a R$ 22.000.

Compartilhe nas redes sociais:

9 Comentário(s)

  • Eu simplesmente sou louco por moto custom… esta ai ficou muito linda, mas… q preço final é este, por uma 250? Tenho certeza q uns 60% disso é imposto. Isto é Brasil gente. Muito triste.

  • GiWayne, estive também no estande da Kawasaki para conferir a, já famosa, ninjinha, a moto com porte de superbike mas de 250 cc. Segundo os funcionários da Kawasaki presentes no estande, a moto estará nas concessionárias entre fevereiro e março a um preço por volta de R$ 20.000. Outra moto que podemos usar para comparar é a Kasinski Comet GT R de 250 cc e carenada. Hoje sai por R$ 18.000.

    Mas como disse no post, a GR250T3 original sai por R$ 13.500 e vem recheada de acessórios, alforje, plataforma, bolha e vários acessórios cromados. Esse preço que coloquei no texto para a Johnnie Wash é apenas uma suposição pelo que conversei com as pessoas no estande. É o preço da personalização. A moto é muito linda e muito bem trabalhada. Não me assustaria se chegar ao mercado até por R$ 30.000.

  • a moto esta linda , o probema e que ja tive uma garinni alem de nao terem peca o fabricante nao tem uma rede estruturada..

  • gostaria de saber se a garinni tem planos de expasao de sua rede. sou de MG e so ha 3 aqui no interior, na capital BH nenhuma!!! da vontade de ter uma gr250t3 mas sem loja e assistencia fica dificil…

  • Galera saudações
    Sou proprietário de uma 250 da Garinni, querem saber? A moto é só tamanho e safadeza, o pior negócio que já fiz. Não anda, só da defeito e é gastona, estou rifando querem comprar um número?
    Abraços á todos e desistam desta marca.

  • Este paralama traseiro que foi adaptado, foi feito sob medida, da adaptar em uma Virago 250, como posso comprar este paralama.

  • Tudo quer for GARINNI, motos, quadris etc… C O R R A  !!!!!!!!  É SÓ DOR DE CABEÇA

    NÃO PRESTA , NÃO TEM PÓS VENDA, NÃO TEM PEÇAS, NÃO TEM RESPEITO COM CLIENTES………

  • Vocês tem que entender que oposição tem em todo tipo de vendas, essa onda de que a Garinni não presta pode ser de um concorrente, eu tenho uma é nunca tive problema,
    pelo contrario, onde vou todo mundo quer comprar uma, tá faltando é revenda no Brasil.

Deixe um Comentário