Criatividade Curiosidades Design Gastronomia

Sacos para cozinhar em máquina de lavar no método Sous-vide

“Sous La Vie”, sacos para cozinhar em máquina de lavar roupa utilizando a técnica de cozimento à vácuo Sous-vide.

O estudante israelense de design Iftach Gazit, teve uma ideia genial que promete ajudar a muita gente. Ele criou sacos para cozinhar em máquina de lavar roupa. Acredite, é isso mesmo.

A ideia surgiu quando ele observou que as lavanderias populares, além de simplesmente lavarem roupas, serviam também de abrigo e possibilidade de higiene para moradores de rua.

Pode parecer besteira para nós brasileiros que não temos essas lavanderias por aqui mas, em muitos países estrangeiros, a lavanderia popular é muito comum e, sair para lavar roupas, faz parte do cotidiano das pessoas.

O israelense se baseou no modo de cozinhar a vácuo em sacos plásticos conhecido como “Sous-vide” (leia mais sobre a técnica no final deste post). A partir desse método, ele criou seu saco para cozinhar batizado de “Sous La Vie” e produzido para ser usado exclusivamente em lavandarias.

O saco para cozinhar é feito em papel Tyvek e conta com proteção extra para que a comida não entre em contato com a água e sabão utilizado no processo da lavagem.

O que é Sous-vide?

Sous-vide, traduzindo do francês, significa “sob vácuo”.

Para tentar explicar de forma visual, vejam a imagem abaixo. A carne da esquerda foi preparada usando um método tradicional de grelhar. Já a carne da direita foi preparada através da técnica sous-vide. Percebe-se que, enquanto a carne da esquerda parece mais seca e apenas a parte central está avermelhada, a carne da direita apresenta um aspecto uniforme e maior umidade.

Quando grelhamos uma carne, a colocamos na grelha/panela e esperamos até que seu interior cozinhe no ponto desejado. O problema é que o cozimento do interior da carne depende da transmissão de calor da grelha/panela, e a temperatura da parte mais externa da carne será sempre mais alta que a parte interna.

O efeito disso é que a carne cozinhará mais por fora do que por dentro. Sendo assim, é impossível que um filé fique “ao ponto” por inteiro.

Utilizando a técnica Sous-vide, colocamos a carne dentro de uma embalagem à vácuo e a mergulhamos em água por várias horas, em algum momento ela atingirá praticamente a mesma temperatura da água por todo o seu interior.

Controlando a temperatura da água, fazemos com que a carne seja preparada na temperatura exata que desejamos, e de forma uniforme. A temperatura será sempre muito menor que no cozimento tradicional, porém, o tempo de preparo acaba sendo bem maior.

O único porém é que no caso da carne, a aparência exterior não será tão suculenta, afinal, ela foi cozida em banho maria. Nesse caso, a solução é “selar” o filé na chapa após o preparo no Sous-vide. O tempo da chapa será bem pequeno, apenas para deixar o filé com boa aparência.

Falei de carne, mas a técnica Sous-vide pode ser aplicada a qualquer tipo de alimento: carnes de boi, peixe, frango, porco, vegetais, etc. No caso de vegetais, a vantagem da técnica Sous-vide é que ela possibilita uma textura firme e mais crocante.

Outra vantagem de se usar o Sous-vide é que temperos terão um sabor mais intenso, já que o tempo de cozimento é maior e o tempero terá mais tempo de interagir com o alimento.

Desvantagens do Sous-vide

Mas nem tudo é positivo na técnica Sous-vide. A desvantagem está ligada à segurança alimentar. Por utilizar baixas temperaturas, alimentos podem ficar mais sujeitos à contaminação por bactérias anaeróbicas. Para mulheres grávidas é recomendado que só consumam alimentos preparados através do Sous-vide se eles antes tiverem sido pasteurizados. Pessoas com a imunidade baixa, também devem evitar comer alimentos preparados no método Sous-vide.

Compartilhe nas redes sociais:

1 Comentário

Deixe um Comentário