Offtopic Opinião

Homenagem a Soraya Schulte Agnelli. Mulher, Mãe e Guerreira.

soraya-schulte-agnelli

Muitos que leem meu blog não conhecem o Alessandro do dia a dia; um cara comum, pai de uma família composta por 3 filhos. O mais velho é do meu primeiro casamento, completou 14 anos no último dia 17.

Se não sabem disso, também não sabem que passei pela maior das provações dos meus 40 anos de idade nos últimos 8 meses. Minha ex-esposa, mão do Victor, descobriu um câncer de mama em metastase.

Mas esse post não é para me lamentar e nem contar a minha história dentro deste contexto, e sim, fazer uma homenagem a Soraya que, talvez, seja a pessoa mais forte que eu tenha conhecido em minha vida, além de ser a pessoa que me despertou para a vida.

Não vou entrar em detalhes do porque dela ser minha ex, só posso afirmar que o erro foi meu, mas, hoje, vejo que tudo que passamos foi para que eu pudesse evoluir moralmente; se ela tinha missões nessa vida, uma delas era justamente essa, promover a minha evolução moral.

Ela descansou no dia 23 de março deste ano, a 1 mês e 2 dias deste post. Desde o dia da sua cremação, ensaio escrever algo, mas me faltava coragem, ainda choro muito de saudades.

Hoje um amigo que não vejo a mais de 10 anos me achou no Facebook, ao mandar uma mensagem perguntou sobre ela e o Victor, respondi que ele estava bem, e ela no plano espiritual.

Chorei de novo. E decidi que já era hora de escrever. Talvez, fechar o ciclo.

Quem a conheceu sabe do sorriso fácil e da alegria que esta menina tinha. Cativava a todos, basta olhar as mensagens deixadas em sua página no facebook que fica fácil ver o quanto ela era querida e amada por seus amigos e familiares.

Foram meses de muita luta, angústia e sofrimento, mas também meses de muito amor, dedicação, e, porque não, felicidade! Pois apesar de tudo, ela sempre manteve o bom humor e a esperança em todos os momentos, e nós, nos unimos e concentramos nossas energias no seu bem estar. Nada importava mais que isso. Nos dedicamos totalmente a ela. Por todo o período, ficamos ao lado dela, incentivando-a, animando-a, e até seu último dia de vida, mantivemos nossa fé e esperança.

Por conta do motivo do final do nosso relacionamento de marido e mulher, muitas pessoas a achavam fraca. Uma mulher sem iniciativa. Mas não. Ela era forte e, principalmente, amava muito. Sua prima falou no dia da cremação e afirmou exatamente isso, que ela era a pessoa mais forte de todos nós. Tenho certeza que ninguém que estava lá tem dúvidas disso. Além dos problemas comuns da vida, enfrentou sua doença de uma forma meiga, porém, energética. Aceitou todos os tratamentos propostos, do mais simples ao mais dolorido, e isso até o último dia de sua vida terrena.

Ela era jovem, tinha 38 anos. Ela queria viver. Ver seu filho crescer, se formar, namorar, casar… mas não deu tempo. Ela vai ver tudo isso sim, mas de outro plano, sem dor.

Um outro amigo, que perdeu a noiva em um assalto, chegou para mim um dia e disse: “Alê, pede perdão a ela para você não carregar um peso pelo resto de sua vida”. Nunca tive oportunidade de ficar sozinho com ela para fazer esse pedido verbalmente. Umas 20 horas antes dela falecer estive ao seu lado e, durante uns 10 minutos, fiquei de mãos dadas com ela. Conversamos pouco pois ela estava fraca, mas nos olhamos bastante. Se algo tinha a ser dito, foi trocado em nossos olhares. Resolvemos todas as nossas pendências ali, nessa vida, e isso me deixa um pouco mais tranquilo.

Tento ver a enfermidade dela pelo lado positivo. Me aproximei dos pais e da família dela novamente, evolui como ser humano, homem e pai. Além de descobrir a religião.

Diante de tudo isso só posso orar muito por ela e agradecer, além de levar a sua lembrança pelo resto da vida.

soraya-schulte-agnelli-fotos

Durante a sua doença nasceu meu filho mais novo (que hoje completou 7 meses); e ela adorava esse menino (vale ressaltar que ela se tornou amiga da minha atual esposa). O Pedro só veio confirmar que a vida se renova, que ela está em constante evolução. Ele se tornou um dos alicerces que seguraram todo o impacto da notícia de sua doença e morte.

Gostaria de nomear aqui várias pessoas que foram importantíssimas em todo esse período, mas como foram muitas, não vou fazer para não ser injusto caso eu me esqueça de um nome. Mas posso fazer um agradecimento a duas empresas.

A primeira é a Universidade Anhembi Morumbi, em especial a toda a equipe do Marketing – do Diretor ao Jovem Aprendiz, por entender tudo o que eu estava passando e me apoiar de forma incondicional, sem nunca me cobrar pela falta de produtividade.

A segunda é a Swarovsky, a empresa que a Soraya trabalhava quando descobriu a doença. As pessoas que a compõem fizeram a Soraya se sentir a pessoa mais importante do mundo. E isso fez um bem danado a ela. Talvez tenha sido um ponto chave para a tranquilidade da Soraya nos momentos mais difíceis. Serei eternamente grato a todos.

Não vou me prolongar.

Que a Soraya encontre a luz e a paz no plano espiritual. Quando reencarnar, que sua vida seja longa e repleta de felicidades. Tenho certeza de que ela cumpriu de forma magnífica sua missão, e deixou belíssimos ensinamentos a todos que tiveram o prazer de conviver com ela.

Eu vou viver minha vida com a Katia e meus 3 filhos e quem sabe, um dia, reencontrá-la.

Compartilhe nas redes sociais:

12 Comentário(s)

  • Ale, bom dia, te conheço do trabalho que foi feito pelo Mazarello em caixas de pizza, vc deve se lembrar. Me permita dizer que esta e uma bela homenagem e que o quq aconteceu faz parte da sua evolução neste mundo e cada um de nós carrega a necessidade de tirar pontos positivos de um condição de grande tristeza… é o aprendizado que tiramos dessas situações. Muita luz a ela e a sua família e que assim seja. Abs. Amilcar

  • Eu, uma tia distante, do outro lado do oceano, longe fisicamente mas muito próxima de coração, sempre senti o mesmo amor e carinho por esta minha sobrinha tão especial e guerreira. A homenagem não poderia ter sido mais maravilhosa, emocionante e acima de tudo humana, como ela merece. Só posso congratulá-lo e dizer-te: PARABÉNS!! Que Deus te ilumine e abençoe ricamente a você e essa família linda.

  • Ale, sua homenagem é contundente e verdadeira. Você resumiu tudo que vivenciamos nos últimos tempos de forma humana e realista. Fico feliz em ver um homem se redimindo e se transformando através das vivências. Felicidades a sua família e em especial ao Victor que merece todo nosso apoio. As minhas lágrimas insistem em cair desde a primeira linha de seu texto. Parabéns!

  • Minha querida amiga flor, sentava ao lado, dividíamos as bobeiras do dia a dia, seu sorriso encantador e radiante deixará a saudade no coração daqueles que a amavam infinitamente.
    A mais guerreira de todas.
    Nos ensinou que nunca se deve deixar o riso de lado e que as vezes devemos nos mostrar fracos, mas no outro dia, ressurgir mais e mais forte ainda.
    Minha melhor lembrança.

  • Que linda homenagem! Sim, mulher forte! Tive o prazer de conhecê-la e dividir experiências…. ainda sinto a falta dela quando voltavámos juntas do trabalho, mas tenho certeza que ela agora está bem e feliz! Como sempre falava para ela, Força, Foco e Fé – SEMPRE! Saudades…

  • Lindo texto, me emocionei. Ela realmente era uma mulher linda…sorriso muito fácil. Gostaria muito de ter contato com ela nesses últimos tempos, essa é a lição que a vida nos dá…a vida corrida não nos da espaço suficiente para rever todos os amigos. Ela estará nas minhas mais doces lembranças!!

  • Difícil escrever um comentário sem nos emocionarmos… difícil mesmo saber que partiu tão cedo, ainda mais para meu limitado conhecimento dos mistérios da vida. Que a gente possa sempre lembrar da Soraya pela sua Força e Luz, tão intensa e tão presente!!!

  • Emocionada com essa homenagem, ela certamente merece. Penso na Soraya sempre… Sinto saudades de todos os momentos compartilhados e de tudo o que não vivemos também… Tenho certeza que ela já foi acolhida nos braços de Deus, pois ela pura luz, puro amor e alegria… Muita força pra toda família… Ela com certeza vai guiar os passos do filho de vcs de lá de cima, vai ser a voz que vai soar na cabeça dele nos momentos decisivos, o calor no coração que ele vai sentir diante de suas conquistas…

  • Parabéns Ale, sempre é tempo de abrir o coração. Siga em frente. Soraya sempre estará olhando por vocês.

Deixe um Comentário