Cerveja

AB InBev é acusada de adicionar água e diminuir teor alcoólico da Budweiser

budweiser

Processos judiciais foram abertos por consumidores da cerveja Budweiser em 3 Estados norte-americanos contra a Anheuser-Busch InBev (AB InBev), maior cervejaria do mundo. Segundo eles, a fabricante está adicionando água em excesso na cerveja para reduzir custos. Com mais água, o teor alcoólico da cerveja fica menor do que o indicado nos rótulos, o que violaria leis estaduais de defesa do consumidor.

A multinacional é controladora da Ambev, maior fabricante de cerveja no Brasil. Os processos foram abertos nos Estados de Nova Jersey, Califórnia e Filadélfia, em fevereiro deste ano.

Segundo os consumidores, a prática de adicionar mais água na cerveja, foi intensificada após a Anheuser-Busch ter sido comprada pela belgo-brasileira InBev em 2008. Os autores do processo afirmam basear suas denúncias em supostos relatos de ex-funcionários e pedem indenização de US$ 5 milhões (R$ 9,9 milhões).

Em nota divulgada, a cervejaria diz que as acusações são “completamente falsas” e que as ações judiciais “não têm embasamento“.

A AB InBev controla 39% do mercado americano de cervejas.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário