Coisas Legais de Saber Dicas Língua Portuguesa

Acentos Diferenciais | Pêra ou pera? Para ou pára? Pêlo ou pelo? Pólo ou polo?

O Novo Acordo Ortográfico deixou ainda mais confuso o uso de acentos diferenciais. Veja o que muda com a nova regra ortográfica.

No título deste temos palavras com praticamente a mesma grafia, que quando pronunciadas emitem quase que o mesmo som, diferenciando-se apenas por um tom mais aberto e outro mais fechado, e que antes da Reforma Ortográfica se distinguiam por um simples acento diferencial.

Se era complicado as pessoas as distinguirem por um acento, imagine agora, com o Novo Acordo Ortográfico que, em alguns casos, prevê a extinção do acento.

É isso mesmo!

Eis que os acentos diferenciais cairam para a maioria delas. Por isso, em meio a tantas mudanças, na dúvida, consulte sempre um dicionário atualizado.

Vamos lá!

O Acordo Ortográfico ainda é motivo de muitas dúvidas para muita gente e no que se refere aos acentos diferenciais, não tem como não se perguntar: como será que é agora? Será que mudou ou não?

A Reforma prevê o desaparecimento da maior parte dos acentos diferenciais, eu disse: a “maior parte”! O que não quer dizer que todos deixarão de existir.

Muito pelo contrário, nem todos foram suprimidos. Sendo assim, não se engane e fique sempre atento. Olho clínico na hora de escrever é sempre bem-vindo!

Para que não se perca, lembre-se sempre que dois acentos diferenciais permaneceram exatamente como sempre foram, antes e depois da reforma:

“pôr”, quando se tratar de uma forma verbal, continua recebendo o circunflexo que o distingue da preposição “por”;

• e “pôde”, forma de pretérito perfeito do verbo “poder”, continua sendo acentuado em oposição à forma de presente do indicativo (“pode”).

Agora, tome nota dos acentos diferenciais que não serão mais usados:

péla (do verbo pelar) e pela (a união da preposição com o artigo);

pólo (o substantivo) e polo (a união antiga e popular de por e lo);

pélo (do verbo pelar) e pêlo (o substantivo);

pêra (o substantivo) e péra (o substantivo arcaico que significa pedra), em oposição a pera (a preposição arcaica que significa para);

pára (forma verbal), a fim de não confundir com para (a preposição), entre vários outros exemplos.

pêra (o substantivo) e péra (o substantivo arcaico que significa pedra), em oposição.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário