Motos e Bikes

Honda CB 1100F Black Style

Honda CB 1100F Black Style

cb1100f_black_style

A Honda confirmou recentemente que vai colocar no mercado japonês a nova versão “Black Style” da CB1100F. O lançamento faz parte da renovação da linha 2012 no país.

Essa versão tem garfos, rodas, tampa do motor e até os amortecedores pintados de preto (além claro de tanque e tampas laterais). Com um estilo naked inspirado no movimento retrô é, há 10 meses, o modelo de grande cilindrada mais vendido no Japão.

A Honda CB 1100F Black Style tem a mesma mecânica da versão convencional: motor de 4 cilindros (4 tempos) de 1.100 cc refrigerado a ar.

Mesmo não havendo previsão de exportação da moto para outros países, sabemos que existem fortes probabilidades da Honda abrir as fronteiras do Japão para esta moto, muito provavelmente, a partir do final de 2012 (claro que inicialmente o lançamento seria no mercado europeu). É esperar para ver.

Compartilhe nas redes sociais:

21 Comentário(s)

  • Pelo amor de Deus, que moto feia. Mas como no Brasil os Hondamaniacos compram até a Pop, não seria surpresa se esta moto tambem vendesse bem aqui.

      • gosto eh gosto parceiro, eu tbm ridicula, pq a moto eh retro, classica e bla bla bla, todo motociclista tem que gostar? eu prefiro speed, mas tenho uma nake(z750), e honda unica que gosto eh a cbr 600rr pq o resto pra mim nao vale nada, cbr 1000 fuma. e as de pequena cilindrada eh pra motoboy

        • Essa moto é a prova da falta de criatividade da Honda. Acredito que se o nosso amigo Alex1, que pelo visto conhece muito de moto. vai concordar que a marca voltou a 1982 deu uma melhorada na CB750F. 

  • No Japão é a moto mais vendida pois eles não precisam ficar se mostrando, pra dizer que tem uma moto que parece um “negócio moderno”.
    Essa máquina é a interpretação mais próxima da essência “Motocicleta”.
    Simples, bonita, bruta.
    Mas realmente acho que no Brasil não vende. Não estamos preparados pra ela, ficamos muitos anos com poucas opções e hoje em dia nos maravilhamos com CB 1000 e Z 1000, motos que justamente não tem mais muito apelo no Japão.
    Diria que estamos um ou dois ciclos atrás deles.

    • Concordo plenamente contigo. Ainda digo mais, brincando, dizendo que essas motos no estilo “transformers” são feitas para a geração que cresceu vendo Jaspion e Power Rangers na TV e CG e RD nas ruas… 
      Levando esse assunto mais a frente, acho uma pena (apesar de necessidade no nosso mercado) a Bandit 1250 ter sofrido um facelift. Tirando a Triumph Bonneville (que quase inexistiu no nosso mercado), ela era a mais retrô das “nacionais”, tanto em estilo como em motor.

    • Disse tudo cara, eles estão em outro nível, eles já passaram pelas supersport há muito tempo.

  • É uma moto sem atrativos, inclusive de uma aparencia não muito agradavel.
    Eu tenho uma CB 1300 retró, mas é muito linda. Vale a pena

  • Essa moto sim!!
    Putz, como eu queria uma moto dessas aqui no Br!!
    Quem sabe um dia…aí eu deixo as custom!!

    Abs

  • Bela moto, a Honda podia realmente traze-la aqui ate para substituir a CB1300 outra super moto que a Honda nao soube posicionar em termos de preco.

  • feia pra baralho, tem que ta sobrando grana pra investir num trambolho deste, ou ser tiozão, dos que nao conseguem mal se equilibrar na moto, ai vao nas custon ou nestas cb veia da honda.
    honda=lixo.

    • Moto para velhos de verdade..hehe. Acho que é mais apropriado. Os japoneses fabricam essa moto, que é muito bonita por sinal, mas são reconhecidos por motos como Hornet, CBR, VFR…

  • Lidíssima, moto pra quem entende de moto! A CB1300 que era vendida no Br não era bonita, mas essa ai é Show…  A Honda poderia almenos disponibilizar a importação por encomenda… Elegância e estilo puro!

  • Achei bonita a moto. Os que optam pelo visual retro preferem o Fusca 1969 à Ferrari 2012? 
     
    Essa moto é refrigerada a ar? deve fritar as pernas na cidade.

  • Alexandre

    O estilo da moto é retrô, se virem um vídeo no youtube com entrevistas com os engenheiros vão ver que o comprador desta moto é muito específico e é um motociclista experiente que já teve várias motos e quer ter uma  para passeios tranquilos, mas com uma ciclistica melhor e uma melhor posição de pilotagem para velocidades um pouco mais elevadas do que as custons.

    Já tive esportivas, uma Boulevard 800 e atualmente tenho uma Bandit 650 S zero e compraria esta moto se fosse disponível no Brasil.

    Pelos comentários negativos percebe-se que tem muito piloto de motinho aqui que anda de moto porque não tem dinheiro nem para andar de carro e que não entende que um mercado maduro como o de lá fora deve oferecer todo tipo de opção para todo tipo de público.

    Realmente como foi dito antes essa é uma moto para quem entende de moto, motoqueiro de motinho e uns que só andam de moto grande quando é emprestada ou pior roubada não vão querer essa ai….

    A parte boa é que provavelmente não seria muito visada para roubo e o seguro seria mais barato.

    Pagar o seguro da minha Bandit não está sendo fácil….

Deixe um Comentário