Opinião

Processo de transferência específica para os alunos da Universidade São Marcos

Acho que todos acompanharam na semana passada a notícia do descredenciamento da Universidade São Marcos pelo MEC e o início da investigação sobre a suposta fraude no ENADE, feita pela UNIP. E o cenário pode piorar. O MEC notificou 30 universidades por irregularidades no ENADE.

São notícias tristes para o País? Sim. Até por que a educação é um dos pilares que precisamos para poder acreditar em um Brasil melhor para gerações futuras. Mas ao mesmo tempo são boas. Afinal, estamos vendo o que não presta ser descartado. O estudo não é barato e o mínimo que exigimos é qualidade.

Já fui estudante universitário e imagino o que está se passando na cabeça dos atuais alunos da São Marcos. E o pior, é que mesmo a Universidade não assumindo o descredenciamento, chegam notícias de amigos dizendo que as aulas estão para ser suspensas e o pessoal está sem saber o que fazer. Ao que parece, a instituição fechada, tem até 90 dias para resolver a transferência dos seus atuais alunos.

Fui informado que a Universidade Anhembi Morumbi abriu um processo de transferência específico para os alunos da São Marcos e está oferecendo: bolsa de estudo de até 30%; isenção do pagamento de matrícula; isenção na cobrança da adaptação da matriz curricular, tudo sem necessidade de prestar um novo vestibular.

Esta oportunidade pode ser uma saída para os alunos da São Marcos que ainda querem estudar neste ano. Mas essa “transferência específica” vai apenas até o dia 30 de março (próxima sexta-feira).

Não sei que atitude o MEC vai tomar daqui para a frente, mas espero por uma melhora na educação brasileira, seja ela paga ou gratuita.

Compartilhe nas redes sociais:

1 Comentário

  • O MEC descredenciou a faculdade, só que nós alunos estamos sem ter para onde ir, por ser quase meio de semestre muitas faculdades não aceitam tal transferencia, ou se aceitam, inumeros prejuizos são acarretados para que possamos nos igualar a grade curricular de tais faculdades.
    Fora isso, a MAIORIA das faculdades, não cumprem o que esta determinado pelo MEC em aceitar a transferencia de alunos com bolsa como o PROUNI, como eu, com a desculpa de que não tem a vaga disponível, quer dizer se eu for como aluno pagante minha transferencia é aceita no ato, se eu for como bolsista do PROUNI, elas se negam.
    Acho que da mesma forma que a mídia foi tão colaborativa quanto as informações sobre o descredenciamento, deveria agir da mesma forma quanto ao fato destes alunos não terem para onde ir e suas bolsas não serem aceitas.
    Lamentável!

Deixe um Comentário