Motos e Bikes

Kawasaki Ninja ZX-10R: Made in Brasil

A Kawasaki Ninja ZX-10R, recém chegada ao Brasil, é reconhecida por seu excelente desempenho e conta com o que há de melhor em engenharia. Como toda Ninja, possui o DNA exclusivo da marca japonesa, caracterizado pela alta performance e o visual agressivo. Neste segundo semestre, a versão 2011 entrará para a linha de montagem na fábrica da marca no Pólo Industrial da Manaus (AM) e contará com a opção dos freios ABS KIBS, uma das grandes mudanças sofridas pelo modelo, passando a ser a primeira motocicleta de série com sistema de comunicação entre a centralina e o ABS. Além disso, o modelo permanece com os sistemas: Power Mode (Modo de potência), que permite ao piloto escolher a melhor seleção de potência, além do conceituado S-KTRC (Controle de Tração Esportiva Kawasaki), que dispõe de três modos de uso: esportivo, esporte-urbano e uso em piso molhado, facilitando o controle da motocicleta em diferentes situações.

Os engenheiros da marca ousaram na nova versão e implementaram na Ninja ZX-10R o exclusivo sistema de freios ABS KIBS (Sistema de antitravamento inteligente de frenagem Kawasaki). O dispositivo utiliza diversos sensores que, além de fazer integração para o monitoramento de dados vindos das rodas dianteira e traseira, também monitora a pressão hidráulica da pinça frontal e a centralina de ignição, armazenando o máximo de informações possíveis – posição do acelerador, giro do motor, atuação da embreagem e posição de marchas. Isso viabiliza uma atuação precisa e eficaz na frenagem, minimizando os pulsos do ABS e reduzindo a perda de contato do pneu traseiro com o solo, garantindo maior performance e segurança.

Naturalmente, pelas altas velocidades atingidas e grande aceleração, a traseira dos modelos superesportivos têm a tendência de perder o contato com o chão durante uma frenagem mais forte. Monitorando a pressão hidráulica da pinça dianteira, o KIBS consegue regular o aumento da pressão, reduzindo consideravelmente o processo em que a roda perde contato com o solo.

A unidade do ABS é aproximadamente 45% menor (por volume) e 800 gramas mais leve que as atuais. O sistema acrescenta apenas 3 kg comparados aos modelos sem o ABS, o que contribuiu para que os engenheiros reduzissem em 10 kg o peso da Ninja ZX-10R 2011 em comparação a sua antecessora.

A Ninja ZX-10R, além de conter muitos benefícios visando desempenho e segurança, é capaz de gerar incríveis 200,1 cv de potência máxima com torque de 11,4 kgfm a 11.500 rpm, isso por estar equipada com motor de 998 cc quatro tempos de refrigeração líquida. O modelo nacionalizado já pode ser encontrado nas principais concessionárias autorizadas Kawasaki de todo o país na cores: tradicional Lime Green (verde) e Metallic Spark Black (preto) ao preço público sugerido de R$ 59.990,00 e R$ 63.990,00 equipado com freios ABS. (preços sem o frente incluso).

Direto da fonte.

Compartilhe nas redes sociais:

2 Comentário(s)

  • Nos Estados Unidos essa custa 17.800 dólares. Aqui só 37.600 dólares. Ainda bem que somos mais ricos que eles…

  • Ah, desculpe. Me enganei. O preço lá é de 14.799 dólares. Também, uma merreca a mais ou a menos; O que é isso para nós brasileiros, né?

Deixe um Comentário