Cerveja

Cervejas para gays chegam ao mercado

Totalmente orgânicas e produzidas com malte e mel. Essa é a fórmula da cervejaria Minerva para lançar um novo produto no mercado, a cerveja para a comunidade gay.

Em duas versões, a “Salamandra” e a “Purple Hand” (mão púrpura, em tradução literal), a cerveja é a aposta de empresários da cidade de Guadalajara, no centro-sul do México, para entrar no mercado homossexual da Cidade do México, Riviera Maya (região mexicana da costa do Mar do Caribe) e de Puerto Vallarta (cidade na costa do Pacífico) que movimenta cerca de US$ 8 bilhões.

O diretor criativo da empresa, Dario Rodriguez Wyler, afirmou que a empresa foi criticada “por não incluir heterossexuais no público-alvo” e que “os produtos são totalmente direcionados à comunidade gay e lésbica. Nunca houve a intenção de que os chamados “bugas”, como são chamados os heterossexuais, bebessem o produto”.

Por enquanto, só 500 caixas foram fabricadas e já estão esgotadas.

Os fabricantes afirmam que a procura é grande até em outros países, como Argentina, Equador, Chile, Colômbia, Japão e Estados Unidos. A Minerva pretende, no entanto, primeiro atender o mercado doméstico.

Via G1

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário