Motos e Bikes

Comprar moto ficou 5,2% mais barato em 2010

O preço das motocicletas já caiu 5,2% neste ano. Uma pesquisa realizada pela agência AutoInforme e pela Molicar, divulgada nesta terça-feira (24), mostra que a queda é quase o dobro da queda verificada em todo o ano passado (-2,83%).

Em julho, os preços caíram 0,89%, na quarta queda seguida no ano. Março foi o único mês de 2010 em que os preços tiveram aumento (de 0,01%). Em fevereiro, os valores praticados no mercado caíram 2,17% – a maior variação do ano até agora.

O estudo avalia o Preço de Verdade dos veículos de duas rodas, aquele realmente praticado no mercado.

Segundo a Autoinforme, os preços mostram queda mesmo com a retomada dos financiamentos a longo prazo e o aumento das vendas.

Essa condição tem permitido a um maior número de pessoas o acesso à compra do veículo. Inclusive porque a maior queda verificou-se exatamente na marca que mais vende.

A Honda, responsável por sete em cada dez motocicletas vendidas (72%), teve uma queda de 1,22% em sua tabela em julho, acumulando redução de preço de 6,67% nos sete meses do ano.

Os preços da Yamaha, a vice-líder do mercaro, caíram 2,17% de janeiro a julho. Os da Suzuki recuaram 1,16%. Aumentaram os preços a Sundown (5,61%) e a Dafra (2,05%).

As vendas e a produção também cresceram em julho. Dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) mostram que foram vendidas 146.866 unidades no mês, 18,6% a mais do que no mesmo período de 2009.

A produção alcançou 148.134 unidades, o que representa um avanço de 10,5% em comparação com julho de 2009.

A produção acumuladas de janeiro a julho deste ano registrou um aumento de 17,2%, com 1.013.695 unidades, contra as 856.239 unidades do mesmo período do ano passado.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário