Motos e Bikes

Conservação de motos em tempos de chuva

O dia de ontem foi o 43º dia de chuva em São Paulo. Temporais de fim de tarde estão acabando com a paciência do paulistano por conta dos alagamentos e do trânsito. E podem também ser muito ruim para a sua moto.

Esse elevado volume de chuvas propicia a ocorrência de fatores prejudiciais à conservação da motocicleta, como:
• Redução drástica da utilização das motocicletas.
• Motocicletas guardadas sujas e úmidas em garagens sem ventilação.
• Umidade relativa do ar em níveis muito elevados.

No caso da motocicleta guardada suja, os micros pontos de sujeira irão funcionar como retentores de umidade, iniciando um processo deterioração e oxidação dos componentes, que se agrava mais ainda pela falta do uso, pois sem ventilação não existe redução da umidade nesses micro-sedimentos. É como se residíssemos em cidades litorâneas onde existe a constante maresia.

Eu tenho uma moto custom cheia de cromados e vejo que houve um aumento na oxidação justamente por causa do fator citado acima.

Providencias simples podem ser tomadas, como:
• não guardar a motocicleta suja
• rodar mais com a motocicleta
• deixá-la sempre em local seco e arejado.

Claro que a diminuição no tempo de manutenção é bem-vinda, como o engraxamento de correntes, a lubrificação de algumas partes e uma boa lavagem para a retirada de detritos.

Via Motokando
Foto de Sidnei Costa/Ag. Bom Dia

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário