Motos e Bikes

P120 Fighter Combat | Moto ou obra de arte?

Algumas motocicletas hoje podem ser confundidas como verdadeiras obras de arte. A P120 Fighter Combat, desenvolvida pela empresa norte-americana Confederate, é uma dessas máquinas.

A moto é a evolução da C120 Renaissance Fighter. As modificações produzidas na moto a tornaram mais ágil e potente, sem perder o visual futurístico.

A Fighter Combat passa a contar com chassi de alumínio e é impulsionada por um enorme propulsor de 1966 cm³. Esta monstruosidade de bicilíndrico em V gera 160 cv de potência. Porém, o destaque maior é o torque máximo da motocicleta: 20 kgfm — 3 kgfm a mais que a poderosa Yamaha V-Max.

Na frente, o que mais chama a atenção é o garfo duplo, que foi retrabalhado no modelo. Além disso, as freios foram otimizados e, na dianteira, possui nova pinça de encaixe radial. A Confederate apresentará a novidade no dia 14 de agosto. Os projetistas parecem apenas ter esquecido um detalhe: onde será que o piloto senta para dirigir a moto?

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário