Cerveja

Guerra da Cerveja – o jogo continua

A cervejaria Petrópolis teve um dos seu mais expressivos resultados de vendas em novembro, de acordo com dados Nielsen: a participação de mercado da fabricante da Itaipava passou de 9,4% em outubro para 9,9% no mês seguinte. É a primeira vez que a cervejaria fica tão perto dos dois dígitos de mercado.
A líder AmBev, depois de vários meses consecutivos crescendo, registrou queda em novembro: de 67,8% para 67,4%.
Já a Schincariol, segunda do ranking nacional, subiu de 12,9% para 13%. E a mexicana Femsa, fabricante da Kaiser e da Sol, manteve seus 7,4%.

Fonte: http://www.ccsp.com.br/ultimas/noticia.php?id=36625

Compartilhe nas redes sociais:

2 Comentário(s)

    • Ao meu modo de ver, acho que ela inundou o mercado com o produto, conseguiu ter uma boa cobertura geográfica em termos de ponto-de-venda e tem tido uma boa repercussão boca a boca.
      Acho que o brasileiro também está se acostumando a experimentar mais e ter maior interesse por cervejas “premium”e “artesanais”.
      Abs

Deixe um Comentário