Notícias do Mercado Patrocínio/Parceria

Garoto-Propaganda | Nike avalia se irá romper com Ronaldo Fenômeno

Garoto-Propaganda | Nike avalia se irá romper com Ronaldo Fenômeno

Ex-garoto propaganda dos sonhos, Ronaldo está com a imagem desvalorizada depois de ter uma noitada com três travestis num motel da Barra da Tijuca, e ter parado na 16ª DP. A Nike, empresa de material esportivo que tem contrato vitalício com o jogador, avalia se sua marca será atingida e pode até romper o vínculo – há uma cláusula que permite a rescisão unilateral por causa de enolvimento em escândalos ou polêmicas.

Os executivos da empresa, com sede nos Estados Unidos e presidida por Phil Knight, estão sendo municiados com dados da polêmica e ainda não têm uma posição firmada. As cifras do contrato vitalício giram em US$100 milhões – R$167 milhões – mais royalties.

O garoto de Bento Ribeiro que, de repente, virou Rei Midas do futebol tem outros contratos publicitários que, por ano, rendem cerca de 17,5 milhões de euros (R$45 milhões) – Ambev, Tim, Audi, Labo… Com a imagem de bom garoto, em 1994, a Nike contrata Ronaldo para lançar produtos de futebol. Em 1998, o faturamento é de US$ 40 milhões – R$ 67 milhões. Dali, vira embaixador da Organização das Nações Unidos, visita Kosovo, região de conflitos na Sérvia. Sua fortuna atualmente passaria de 100 milhões de euros – R$ 262 milhões.

Do Milan, Ronaldo recebe cerca de 8 milhões de euros de salário- R$ 21 milhões. O clube nega-se a comentar o escândalo com o jogador, que tem contrato até julho.

Pois é… fica a máxima: “Para constuir uma imagem leva-se anos, para destruir, alguns minutos”.

Compartilhe nas redes sociais:

2 Comentário(s)

Deixe um Comentário