Motos e Bikes

Valentino Rossi terá de pagar 20 milhões de euros por sonegação fiscal

O italiano Valentino Rossi, tetracampeão da categoria MotoGP de motovelocidade, chegou a um acordo com a Agência Tributária italiana para pagar 20 milhões de euros, um quinto da quantia da qual era cobrado por sonegação fiscal, publicou nesta quinta-feira o jornal Il Resto del Carlino.

O advogado do piloto, Lucio Monaco, disse ao jornal que o assunto está encerrado com o pagamento da quantia. O acordo não inclui as declarações de renda de 2005 e 2006, o que será estabelecido posteriormente.

O valor representa cerca de um quinto da quantia que o Ministério da Fazenda cobrava do heptacampeão mundial, um total de 112 milhões de euros, incluindo uma multa e os juros, por não ter declarado renda no valor de 60 milhões de euros no período entre 2000 e 2004 – quando conquistou três de seus títulos na categoria.

A notícia da sonegação surgiu em agosto, quando foram publicadas as irregularidades do piloto desde abril de 2000, ao comunicar sua mudança de residência para o Reino Unido, até o ano de 2004.

O piloto vive em Londres como “residente sem domicílio”, condição da qual se beneficiou durante esses anos para declarar ao fisco do país “apenas a renda obtida no Reino Unido”, como foi publicado.

Na Itália ele teria declarado apenas uma parte de sua renda, mas não os contratos assinados com patrocinadores, que estariam em nome de empresas estrangeiras.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário