Motos e Bikes

Cerol Não | Campanha Nacional

A Campanha Nacional “Cerol Não” é um projeto social voluntário com duração indeterminada. Não dispõe de nenhuma ajuda governamental, órgão federal, estadual ou municipal. Sua finalidade é a conscientização e prevenção de acidentes com o uso indevido do cerol.

Objetivos da campanha:
> Orientar motociclistas e não motociclistas que poderão se acidentar com linhas de cerol; paraquedistas, pilotos de aviões, ciclistas, pedestres, etc;

> Orientar adolescentes para não se acidentarem soltando pipas;

> Orientar toda população referente aos perigos do cerol.

Além de ser uma ameaça à integridade física de quem brinca, o papagaio também pode deixar a população sem energia. O cerol, e outros materiais utilizados na confecção, podem provocar curto circuitos na rede e deixar muitos consumidores sem o fornecimento de energia, além de risco de ser eletrocutado caso a linha pegue no fio em uma região sem capa de proteção.

Enquanto a população não se conscientiza do crime que é esse tipo de atitude, o motociclista pode instalar em sua moto antenas corta-linha com cerol#antena cerol. Esteticamente não é bonito, mas pode salvar a vida do motociclista.

Quem acha que é exagero, e tiver estômago para ver, clique aqui e veja fotos de pessoas que foram vítimas de linha com cerol. [repito: é preciso estômago, as imagens são fortes]

Certa vez quando José Serra (ex-ministro da saúde, ex-candidato à presidência e atual governador de São Paulo) foi questionado por um repórter se a distribuição de preservativos no carnaval estava atingindo o objetivo, ironizando pelo fato de pessoas estarem as usando como balões, ele disse: “Se salvarmos apenas uma vida, já valeu toda a iniciativa de gastar milhões”.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário