Censura Fotografia Produtos

O calendário mais quente de 2008 | Aeromoças de biquíni causam probelmas para companhia aérea

A companhia aérea irlandesa Ryanair foi denunciada pela associação de consumidores espanhola Facua por utilizar suas aeromoças usando biquíni para fazer um calendário e vendê-los em seus aviões durante os vôos. Nas fotos, as comissárias aparecem vestidas de biquínis, dentro dos aviões da companhia, em alguns casos simulando desempenhar funções próprias da profissão.

A denúncia foi levada pela associação ao Instituto da Mulher do Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais e ao Instituto Nacional de Consumo da Espanha, entre outros órgãos. No documento, a Facua diz que a companhia aérea atenta contra a dignidade das mulheres trabalhadoras em geral e das tripulantes da Ryanair em particular, “apresentando imagens estereotipadas dessas profissionais”.

No comunicado para promover o calendário “As garotas da Ryanair”, a companhia coloca como afirmações do diretor de recursos humanos e responsável pelas tripulações Eddie Wilson, frases como “a equipe da Ryanair levanta a temperatura da cabine com o calendário mais quente de 2008” e “os passageiros poderão levar para casa uma dúzia das tripulantes mais impressionantes da Europa”.

Vinte comissárias de bordo da companhia concordaram em posar para o calendário em trajes de banho e o dinheiro das vendas será revertido para a caridade.

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

Deixe um Comentário