Patrocínio/Parceria

União Européia quer eliminar tabaco da F1

O comissário da União Européia (UE) para a Saúde, Markos Kyprianou, abriu guerra contra as indústrias de cigarro na Fórmula 1. O grego disse ter enviado uma carta à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pedindo a exclusão das marcas de tabaco da categoria. Segundo o próprio: “A Fórmula 1 é um símbolo. Nós precisamos limitar a propaganda de cigarro o máximo possível, pois assim conseguimos diminuir a influência nos jovens. Pilotos de Fórmula 1 são extremamente populares: eles se tornam exemplos. Se eles carregam o nome de uma empresa de cigarro nos seus peitos isso passa uma idéia errada direto para o público “.

A Ferrari, patrocinada pela Philip Morris, também foi notificada. O comissário disse que a permissão desse tipo de publicidade nas corridas da China, Bahrein e Monaco estavam minando os esforços da UE para combater as propagandas relacionadas ao cigarro no esporte.

Na China, porém, os anúncios de tabaco devem durar pouco. A partir de 2011, todo o tipo de promoção e patrocínio ligado ao mundo do tabagismo será proibido, conforme anunciou nesta semana Xu Guihua, subdiretora e secretária geral da Associação de Controle de Tabaco do país.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário