Marcas e Mascotes

Yamaha | História da Marca

A empresa foi fundada em 1887 por Torakusu [BP]Yamaha[/BP] como produtora de [BP]órgãos[/BP] (aparelhos musicais). Somente em 1955 com a fundação da Yamaha Motors Corporation, a empresa começou a fabricar suas primeiras motocicletas em série. A primeira motocicleta de sucesso foi a YA1, conhecida pelos entusiastas japoneses como Akatombo (Red Dragonfly), estabelecendo a reputação da empresa em fabricar motos duráveis e de ótima qualidade. Sua reputação aumentou com a entrada da empresa nas competições de motociclismo. Esta moto possuía 125cc, cilíndrico único e motor dois tempos, sendo vendida apenas no Japão. Porém a primeira moto desenvolvida e desenhada pela YAMAHA só foi produzida em 1957, batizada de YDI, foi lançada em versão de competição.

A produção de motocicletas nessa época era ainda modesta, 15.811 unidades, inferior a [BP]Suzuki[/BP] e [BP]Honda[/BP]. No ano de 1958 as motocicletas Yamaha começaram a serem vendidas nos Estados Unidos pelo distribuidor autorizado Cooper Motors. Em 1959 lançou a primeira motocicleta esportiva produzida por uma fábrica japonesa. Em 1960 a produção cresceu 600% chegando a 138 mil unidades. Ainda este ano a empresa se estabeleceu oficialmente nos Estados Unidos. Foi nessa época, com o Japão vivendo uma depressão, que a empresa começou a exportar suas motocicletas. Em 1964 as exportações chegavam a 87 mil unidades. No ano seguinte a produção atingiu 244 mil unidades, sendo 50% para exportação. A primeira fábrica no exterior foi inaugurada em Siam no ano de 1966 para atender o sudeste asiático. No ano seguinte a produção da Yamaha ultrapassou a da Suzuki.

Em 1968 é introduzida a motocicleta DT-1 Enduro, primeira moto que poderia ser utilizada tanto na cidade como para fazer trilhas. Nesse mesmo ano é lançado o primeiro Snowmobile (espécie de moto para neve). Em 1969 a empresa construiu seu próprio circuito perto de sua fábrica na cidade de Iwata. Em 1970 a empresa oferecia cerca de 20 modelos que iam desde 50cc à 350cc. Nesse mesmo ano introduziu no mercado sua primeira motocicleta 4 tempos com motor 650cc. Em 1972 introduziu o modelo TX750. No ano de 1973 a produção rompeu a barreira dos 1 milhão de unidades produzidas. Nesse mesmo ano lançou a moto TX 500. A XS Eleven, lançada em 1977, era na época a maior motocicleta produzida por fabricantes japoneses. No ano seguinte é introduzido no mercado americano o [BP]carro de golfe[/BP] movido a gás. Ainda nessa década, os modelos RD250 LC e RD350 LCA fizeram um enorme sucesso. Na começo da década de 80 a produção atingiu a marca de 2.2 milhões de unidades produzidas. Foi nesta década que a Yamaha introduziu as motos compactas XJ, que iam de 550cc até 1100cc, além das motos de 750cc e 1000cc.

No Brasil
A Yamaha se instalou no Brasil em 1970 para iniciar a importação e distribuição de motocicletas, [BP]motores de popa[/BP], peças genuínas e prestação de assistência técnica através de Rede de Concessionárias Autorizadas. Já em 1974 é fabricada a RD 50, logo afetuosamente chamada de “cinquentinha”, a primeira motocicleta nacional. Em seguida apresentou os modelos RD75 e RS125, proporcionando ao consumidor uma ascensão gradativa do modelo de 50 cc. Depois vieram os modelos TT125 em 1978 e a famosa [BP]RD 350[/BP] no ano de 1986.

Curiosidade
• A Yamaha é a segunda maior produtora de motocicletas do mundo.

Fonte: Mundo das Marcas

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

Deixe um Comentário