Ações Mkt/Viral

Palmeiras cria sua “rádio” oficial

O [BP]Palmeiras[/BP] criou uma nova ferramenta dentro do seu planejamento de marketing para a temporada. O clube fechou parceria com o programa de rádio “Paixão Alviverde” e transformou a atração na “Rádio Palmeiras – Uma Paixão Alviverde”, projeto que terá cunho totalmente institucional.

“Essa nossa rádio, que ficou no ar por 12 anos, foi incorporada pelo Palmeiras. Será o programa oficial do clube e com certeza será melhor que esse. O acesso aos jogadores será maior e o torcedor vai ter a notícia mais atualizada”, comemora Élvio Malfi, idealizador e apresentador do “Paixão Alviverde”.

Todo o conteúdo da atração será feito pelo departamento de marketing palmeirense, em parceria com o setor de comunicação e propaganda, por meio da assessoria de imprensa do clube.

Pelo projeto, o Palmeiras não irá pagar nada ao programa. O clube emprestou sua marca à atração e irá dividir o lucro proveniente dos patrocínios que serão fechados. No total, a “Rádio Palmeiras” deve levantar inicialmente com parcerias cerca de R$ 10 mil bruto.

“Vamos fazer a primeira transmissão na próxima segunda-feira com quatro cotas de patrocínio que não existiam, e nós vamos alavancar ainda mais patrocínios. No plano de negócios tem uma potencialidade de ganhos. Mas o Palmeiras não pensa em ganhar dinheiro. Toda essa receita será usada para pagar os custos e realizar promoções relacionadas à Rádio”, explica Carlos Mira, diretor de marketing do Palmeiras.

Apesar da sincronia entre os novos parceiros, os idealizadores do programa e o Palmeiras divergem sobre as possibilidades futuras do projeto. Para o diretor de marketing do clube, esta iniciativa, que atualmente está na Rádio Imprensa FM, deve continuar nesta freqüência.

“A FM é um canal superior, tem mais charme. Além disso, temos formas de colocar o programa na internet. Esse seria um mecanismo para que os torcedores que qualquer lugar do mundo possam ouvir o programa”, completa Mira.

O idealizador do “Paixão Alviverde”, por sua vez, também confia no crescimento do projeto, mas diz que essa expansão não deve ser feita na FM.

“Por enquanto o programa continua a ser na FM. Mas no futuro, pelo tamanho do Palmeiras e da própria Rádio, a FM vai ficar pequena. Talvez um programa em AM fique na proporção do Palmeiras”, afirma Malfi.

Fonte: Máquina do Esporte

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

  • eu ouso todos os programas de vocês faz tempo,e estou confiante que vai ficar ainda melhor!
    quero participar dos sorteios que houver no programa.
    e participar por tel. está impossivel!!
    PALMEIRAS 4 a 0 no timinho da marginal sem numero.

Deixe um Comentário