Marcas e Mascotes

Tigre | História da Marca

A marca TIGRE nasceu da ousadia do jovem empresário João Hansen Júnior. Em 1941 ele adquiriu, em Joinville (Santa Catarina), uma pequena fábrica de pentes, na época fabricados à base de chifres de bois. Atento e empreendedor, Hansen percebeu que o aparecimento dos pentes de plástico, baratos e coloridos, poderia ser um temível concorrente dos exemplares que fabricava. Em 1945 decidiu adquirir uma máquina injetora de plástico para confeccionar pentes, boquilhas para [BP]cachimbos[/BP] e [BP]piteiras para cigarros[/BP] e [BP]charutos[/BP]. Mas foi a produção de leques e acessórios variados em larga escala que levou o empresário a conhecer os segredos da nova matéria-prima; aguçando, por outro lado, sua curiosidade em pesquisar outras possibilidades de utilização do plástico.

Nos anos 50, a TIGRE implantou com pioneirismo no Brasil as mangueiras de PVC flexível e logo em seguida os tubos e conexões de PVC rígido. A partir do processo de internacionalização que decidiu iniciar no final dos anos 70, a empresa consolidou bases para exportações através de subsidiárias que levavam as mais variadas linhas de produtos a todos os países do continente sul-americano, além de Nigéria, Angola, Porto Rico, Guatemala, Estados Unidos e Canadá. Em 1977, a TIGRE constituiu a empresa Tubopar, no Paraguai, em sociedade com empresários locais. Hoje, detém naquele país 80% de market share em tubos e conexões de PVC. Mas este foi só o começo da experiência com outros mercados.

No início da década de 90, a decisão de avançar e assumir liderança em todos os países onde se fizesse presente foi uma das principais estratégias de crescimento da TIGRE. Desta forma, em 1997, a companhia adquiriu o controle da empresa Fanaplas, no Chile, dando início a uma nova era no processo que tornou a empresa uma referência no mercado internacional. Tal conquista permitiu não só conhecer melhor aquele país, como também ter a certeza de que sem a liderança local seria impossível ter escala necessária e conseqüentemente os resultados desejados. Assim, numa atitude extremamente ousada, a TIGRE adquiriu de uma só vez, em 1999, mais três empresas locais. O resultado não poderia ser melhor: 41% do mercado chileno estava nas mãos do grupo brasileiro. Em paralelo aos movimentos no Chile, a empresa iniciou as operações fabris na Argentina, em 1998, com a inauguração de uma nova unidade em Pilar. Completando o portifólio de conexões de PVC, em 1999 a TIGRE assume a empresa Santorelli e conquista 27% do mercado argentino.

Curiosidades
• Hoje, 60% do mercado nacional está nas mãos dos [BP]tubos e conexões de PVC Tigre[/BP], sendo uma das cinco maiores empresas do mundo no segmento.

Fonte: Mundo das Marcas

Compartilhe nas redes sociais:

4 Comentário(s)

  • PRECISO INSTALAR TUBULAÇÃO DE ÁGUA QUENTE E GOSTARIA QUE VOCES ME MANDASSEM INFORMAÇÕES SOBRE PERDA DE TEMPERATURA DO TUBO PARA PAREDE (SE HÁ OU NÃO HÁ?)OBRIGADO ANTECIPADAMENTE

  • Caro ronaldo, o profissional que te informa como sarar de uma pneumonia é o médico, e no seu caso o profissional que resolverá seus problemas é o engenheiro. Entre em contato com um bom engenheiro de sua cidade. Abraço!

Deixe um Comentário