Pesquisa

Sexo não vende, diz estudo londrino.

Estudo realizado pelo University College London indica que o consumidor lembra menos de comerciais exibidos após programas que tenham conotação sexual.

Na pesquisa, envolvendo 60 estudantes, entre 18 e 31 anos, exibiu-se um episódio do seriado “Sex and the City”, com apelo sexual. Primeiro, o episódio foi mostrado para um grupo com comerciais que também tinham apelo e depois para outra turma, mas com filmes que não envolviam sexo.

Depois, foi mostrado um episódio de “Malcolm In The Middle”, sem conotação sexual, com comerciais com apelo de sexo e o mesmo episódio com filmes sem apelo erótico.

A conclusão foi que quem assistiu “Sex and The City” lembrou menos dos comerciais do que quem assistiu “Malcom In The Middle”, independentemente do que dizia a propaganda.

Adrian Furnham, professor de psicologia do University College London e líder da pesquisa, afirma que, segundo o apurado, sexo não vende. “Pode ser pouco inteligente tentar vender produtos em filmes com apelo sexual ou em programas com este tipo de caráter”, disse.

Fonte: CCSP

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um Comentário