Marcas e Mascotes

Playboy | História da Marca

Depois que surgiu a revista Playboy o universo masculino nunca mais foi o mesmo. Ela transformou-se na maior porta-voz da comunidade masculina traduzindo desejos e tendências de um mundo exclusivamente masculino.

História
Em 1953, aos 27 anos, o americano Hugh Hefner era diretor de circulação da revista Children’s Activities. Ele acreditava que havia mercado para uma revista direcionada aos jovens adultos, mas as publicações masculinas eram sobre caçadas, armas, carros, etc. e ignorava o assunto que mais preocupava os homens: mulheres. Por 500 dólares, comprou os direitos das fotos que Marilyn Monroe tirou para um calendário no início de sua carreira, emprestou dinheiro com amigos e parentes e criou uma revista. O nome seria Stag Party (em português, farra) e o símbolo, um veado a fumar e à espera de uma companhia feminina. Na véspera do lançamento, porém, Hefner descobriu que havia uma publicação com esse nome. Pensou em vários outros nomes – Top Hat, Bachelor, Gentlemen – até que um amigo sugeriu Playboy, nome de uma fábrica de carros falida. Hefner encomendou ao desenhista e diretor de arte da revista, Arthur Paul, um novo mascote para o produto que iria ser lançado. Desde então, o coelho apareceu na capa de todos os exemplares da revista, exceto do exemplar número 1, transformando-se em uma marca mundialmente conhecida. Em outubro de 1953, dos 69.500 exemplares do primeiro número que continham fotos da atriz Marilyn Monroe, 54.175 foram vendidos. Em 1960 inaugurou o primeiro Playboy Club na cidade de Chicago. Rapidamente, essas boates se expandiram por todo o país. Por mais de 20 anos as boates fizeram sucesso, chegando a ter 2.5 milhões de associados. A edição de maior sucesso foi lançada em novembro de 1972, vendendo mais de 7 milhões de exemplares. Em 1986, a empresa resolveu fechar todos os Playboy Clubs.

Durante todos esses anos várias beldades estiveram estampadas nas capas da revista: Ursula Andress (1965), Brigitte Bardot (1958), Drew Barrymore (1995), Kim Basinger (1983), Madonna (1985), Joan Collins (1969), Cindy Crawford (1988), Bo Derek (1980), Farrah Fawcett (1978), Jane Fonda (1966), Melanie Griffith (1976), Margaux Hemingway (1978), Mariel Hemingway (1982), Latoya Jackson (1989), Nastassja Kinski (1979), Sophia Loren (1957), Elle Macpherson (1994), Jayne Mansfield (1956), Marilyn Monroe (1953), Kim Novak (1959), Jane Seymour (1973), Sharon Stone (1990), Elizabeth Taylor (1963), Raquel Welch (1977).

Curiosidades
> Atualmente a revista é publicada em 18 países (Brasil, Bulgária, Croácia, República Checa, Alemanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Japão, México, Holanda, Polônia, Romênia, Rússia, Eslovênia, Espanha e Taiwan), tendo somente nos Estados Unidos cerca de 10 milhões de leitores, atingindo um total de 18 milhões em todo o mundo, sendo a revista masculina mais vendida do planeta.

> A Playboy TV está disponível em 113 milhões de lares nos Estados Unidos. Mais de 2500 produtos da marca são vendidos em quase 100 países.

Fonte: Mundo das Marcas (ctrl C + ctrl V)

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

  • […] su parte, leyendo en portugués, cosa que me gusta, descubro a través de alept.com, un blog que no conocía que nos habla de la historia de las marcas. Mundo das Marcas se llama, y […]

Deixe um Comentário