Notícias da Web

Forgent finaliza ações quanto a patente JPEG

A Forgent Networks, proprietária da patente ´672, que cobre aspectos de um dos formatos de compressão de imagem mais famosos da atualidade, o JPEG, anunciou que resolveu todas as ações legais a este respeito.

Inicialmente a empresa não forneceu detalhes a respeito dos acordos, mas posteriormente anunciou o recebimento de uma compensação de US$ 8 milhões.

Depois de adquirir a detentora original da patente, Compression Labs, há alguns anos, a empresa começou a pedir a desenvolvedoras e fabricantes de câmeras digitais o pagamento de royalties para incorporar o algoritmo JPEG em seus produtos. Mesmo com muitas negando, a companhia diz que até hoje já arrecadou mais de US$ 110 milhões de royalties.

Uma das razões pelas quais a Forgent arrecadou menos que o esperado, foi por questionamentos da validade da patente. Em maio de 2006, a patente foi rejeitada após uma revisão inicial requisitada pela Public Patent Foundation, organização que visa diminuir o abuso do sistema de patentes americano. Em junho, o tribunal também limitou os trechos da patente que a empresa poderia reivindicar.

Mas, a companhia parece estar mudando o foco de seus ataques. Agora, está iniciando ações a respeito da patente ´746, que aborda um sistema de vídeo controlado pelo computador, que permite reprodução enquanto é gravado, um dos aspectos principais do DVR (Digital Video Recorder).

Isto explica os recentes processos abertos pela Forgent contra empresas como DirecTV, Echostar, Comcast e Time Warner, além de já começar a arrecadar royalties de diversas fabricantes de câmeras.

Fonte: Geek

Adicionar ao seu Delicious

Compartilhe nas redes sociais:

Incluir comentário

Deixe um Comentário